5 tendências da construção civil para acompanhar

Com a metade de 2017 para trás, os profissionais da construção estão voltando sua atenção para as tendências da construção civil do próximo ano.

Embora o setor ainda esteja sentindo os problemas da crise econômica — a previsão do Banco Central é de que o PIB da Construção Civil feche 2017 com recuo de 2,7%, as expectativas são de que em 2018 o setor comece a se recuperar. Apesar dessa previsão positiva, um sentimento de incerteza continua a pairar sobre a indústria.

Enquanto as questões sobre os impactos que a crise política terá sobre a Construção Civil permanecem sem resposta, já é possível definir as novas tecnologias e tendências de gerenciamento de obras que vão moldar a indústria no próximo ano.

Aqui estão as 5 principais tendências da construção civil a serem observadas:

1. Os métodos colaborativos de entrega de projetos se tornarão mais populares

Uma das fortes tendências da Construção Civil para o próximo ano é o aumento do uso de métodos colaborativos no canteiro, como o BIM.

O Building Information Modeling pode ser traduzido do inglês como Modelagem da Informação da Construção. Ele trata de uma metodologia aplicada por meio da tecnologia na construção.

Essa ferramenta busca montar um modelo 3D de um projeto de forma a gerenciar toda a informação do mesmo, antes, durante e após a construção. E o que é melhor: de forma colaborativa, feito por todas as equipes envolvidas.

2. O desenvolvimento sustentável estará em alta

Todos os anos, nos tornamos mais conscientes da necessidade de desenvolvimento e práticas sustentáveis. O problema que representa a diminuição dos recursos e a necessidade de um consumo socialmente equilibrado está se tornando cada vez mais evidente — e o setor da Construção Civil está tomando conhecimento disso.

O desenvolvimento sustentável está pronto para se tornar uma das principais tendências para o próximo ano. As empresas de construção estão buscando maneiras de tornar suas práticas e produtos mais sustentáveis e estão procurando por engenheiros que tenham conhecimento especializado em desenvolvimento ecológico.

3. A construção modular vai ganhar força no mercado

A construção fora do local, também denominada modular ou pré-fabricada, não é nova para a indústria. No entanto, os especialistas preveem que esse método de construção cresça em 2018. Isso porque a qualidade, o tempo e as preocupações trabalhistas tornam essa alternativa mais atrativa do que os métodos tradicionais de construção.

Sempre há uma ênfase em condensar o cronograma de construção de um projeto e economizar custos — dois pontos muito importantes em qualquer cenário de desenvolvimento. A construção modular ou pré-fabricada tem a capacidade de fazer isso.

Além disso, se você utilizando produtos pré-fabricados, como a argamassa estabilizada, pode ser mais fácil manter o controle de qualidade. Você não precisa lidar com questões como mão de obra, área para fabricação e imprevistos causados pelo clima.

4. A IoT chegará para revolucionar o trabalho no canteiro

A Internet das Coisas — IoT, Internet of Things — encapsula vários aspectos da paisagem da tecnologia da construção, incluindo o rastreamento de equipamentos e funcionários, tecnologias vestíveis, uso de drones e outras informações coletadas no local de trabalho.

Como a busca para reduzir os custos e melhorar a eficiência continua, muitos estão se voltando para as opções de IoT para melhorar as operações no canteiro de obra.

Os usáveis, por exemplo, podem rastrear os trabalhadores no campo e garantir que eles estejam protegidos contra acidentes ou, pelo menos, conscientes dos perigos do local de trabalho. Outro exemplo é o uso de sensores nos equipamentos para monitorar se a maquinaria precisa ser reparada.

Uma das fortes tendências da Construção Civil é que a IoT seja combinada com o business intelligence. O objetivo é agregar a coleta de dados em uma central onde você possa acompanhar tudo em tempo real e tomar decisões inteligentes com base nas informações colhidas.

5. As realidades virtual e aumentada serão fortes tendências da Construção Civil

As tecnologias de realidade virtual e realidade aumentada é uma das tendências mais marcantes no espaço da construção. Isso porque elas podem melhorar a colaboração entre as partes interessadas do projeto antes mesmo do início da construção.

Isso permite que a equipe detecte erros com antecedência. Essas tecnologias também têm o potencial de melhorar a segurança do local de trabalho, ao permitir que os gestores e os trabalhadores chequem as condições sem ter que  fazer uma visita pessoalmente e passar por riscos de segurança.

O que você achou de saber mais sobre as tendências da Construção Civil? Quer continuar aprendendo sobre como melhorar seus processos de gerenciamento de obras? Assine nossa newsletter e receba mais dicas gratuitamente no seu e-mail!

Deixe um Comentário