A importância da arquitetura em construções comerciais e industriais

Quando falamos de projeto arquitetônico, é normal que a primeira associação seja com a arquitetura residencial ou grandes obras públicas – como teatros e museus. No entanto, o desenho arquitetônico também é uma parte importante de construções comerciais e industriais, sendo essencial para garantir a funcionalidade e qualidade dos espaços criados.

Na verdade, o sucesso de pontos de comércio pode estar intrinsecamente relacionado com a arquitetura do ambiente. Uma boa arquitetura comercial oferece uma experiência agradável, atribui credibilidade ao comércio aumentando seu potencial de vendas e a sua atratividade para os consumidores.

Por outro lado, um espaço industrial pode ver impactos significativos na sua produtividade com um bom projeto arquitetônico, uma vez que ele irá englobar aspectos importantes para o seu bom funcionamento, como elementos de segurança, fluxo de materiais/máquinas, criação de espaços operacionais e, é claro, levar em consideração os aspectos técnicos da construção industrial.

Desta forma, a arquitetura é muito mais do que uma preocupação com o aspecto estético e funcional destes ambientes: é um setor estratégico, capaz de alavancar os resultados de qualquer ambiente comercial ou industrial. Neste artigo, vamos explicar um pouco mais sobre este tema. Confira a seguir!

Arquitetura em ambientes comerciais e industriais

A arquitetura comercial auxilia a criar um ambiente agradável e atraente para os consumidores, além de diferenciar a marca frente ao mercado. Fatores como as cores trabalhadas e o uso da iluminação costumam dar resultados positivos no quesito atração de novos clientes e até no aumento do faturamento da local.

Ainda que pouco conhecida, a arquitetura industrial tem uma área de atuação muito rica, projetando todas as etapas do processo produtivo. Trata-se de um setor estratégico, uma vez que os projetos nesta área resultam no aprimoramento dos processos produtivos, reduzem as perdas de processo e aumentam a segurança dos trabalhadores.

Vamos ver alguns dos principais aspectos destes tipos de projetos arquitetônicos:

Circulação, fluxo de pessoas e acessibilidade

Na arquitetura de um espaço comercial, o fluxo de pessoas e o fácil acesso a todos os principais pontos do ambiente é essencial. Os clientes devem conseguir se orientar dentro do local sem dificuldade e ter espaço suficiente para se deslocarem sem incômodos. Um ambiente agradável aumenta as chances de que ele permaneça ali mais tempo, e tenha vontade de retornar – fidelizando o consumidor com a marca.

Em espaços industriais, a importância dos fluxos é ainda maior, devendo ser planejada a passagem dos funcionários, de maquinário e de materiais entre os diferentes setores da empresa. Além de minimizar o desperdício e evitar acidentes, um bom planejamento de fluxos diminui o tempo gasto com estas movimentações e aumenta a produtividade de forma geral.

Organização do espaço

O layout é um dos pontos mais importantes da arquitetura comercial, sendo que a disposição do mobiliário e dos produtos dentro da loja são pontos que estão diretamente ligados às vendas. Montar o layout da loja é uma tarefa estratégica que deve considerar o seu tipo de produto, seu tipo de público e até técnicas de marketing – como, por exemplo, aqueles itens de conveniência que são inseridos nas filas para os caixas. O consumidor entra na loja procurando outro produto, mas no caminho para o caixa encontra outros itens interessantes e de fácil acesso, o que o leva a aumentar sua compra habitual.

Utilização de cores

As cores estão entre as ferramentas mais versáteis da arquitetura. As escolhas corretas e o equilíbrio no uso trazem ótimos resultados na criação de um espaço agradável e eficiente, podendo alterar visualmente a percepção espacial de um projeto. Além de criar conexão com a identidade da marca, podem passar diferentes sensações e percepções: lojas de padrão elevado tendem a usar cores mais sofisticadas, por exemplo, enquanto o comércio popular costuma usar tons mais chamativos.

Desenho da fachada

A fachada da loja é a primeira imagem observada pelo consumidor. Assim, é o principal elemento de comunicação visual da marca, sendo um item importante na atração dos clientes. Deve ser pensada para passar com sucesso a imagem do seu negócio, atraindo o seu público-alvo com o correto uso de cores, materiais e formas.

Iluminação especializada

É possível direcionar o fluxo do consumidor pela loja com técnicas de iluminação, além de destacar as peças e chamar a atenção dos consumidores para os produtos, valorizando-os. Em espaços industriais, a iluminação é um dos principais fatores de segurança e produtividade dos funcionários, garantindo a boa execução das suas tarefas e evitando potenciais sinistros.

Respeito às normas de segurança

Os processos industriais são regidos por uma série de normas de segurança, sendo que existem várias regras a serem seguidas de acordo com cada atividade realizada. Estas normas incluem previsão de raios de segurança ao redor de máquinas, especificação de materiais a serem utilizados nos espaços de indústria e projetos de fuga para os funcionários em caso de acidente, por exemplo – que devem ser seguidas à risca no projeto arquitetônico do espaço.

Conheça o escritório de arquitetura da Fetz

Com ampla experiência na área da construção civil para espaços comerciais e industriais, a Fetz entende a importância de um bom projeto arquitetônico para garantir a funcionalidade dos ambientes construídos. Por isso, contamos com o escritório de arquitetura da Fetz – onde nossa arquiteta Mariana está a postos com a nossa equipe para ajudar você a conquistar sua obra ideal. Visite nosso site e entre em contato com a gente!

Deixe um Comentário