Construção Civil: Como evitar atrasos em sua obra

Após 5 anos de recessão, espera-se que o PIB da Construção Civil cresça em 2019, segundo um estudo do Sinduscon-SP junto com a FGV (Fundação Getúlio Vargas).

O Brasil têm um dos maiores mercados de construção do mundo. Com mais de 10 milhões de pessoas empregadas na indústria da construção, manter as pessoas e os projetos funcionando de maneira eficiente pode ser uma tarefa difícil.

Os atrasos na construção custam-lhe dinheiro e reputação. Mas existem maneiras simples de ajudar os projetos a funcionar sem problemas. Continue lendo para descobrir quais etapas você deve seguir para executar efetivamente os projetos e evitar atrasos na obra!

1. Manter um cronograma preciso

Em muitos projetos de construção, o aumento do escopo é uma das principais causas de atrasos. Isso acontece quando os requisitos de um projeto aumentam à medida que o projeto avança.

A mão de obra adicional, os materiais e o tempo necessário para concluir o projeto são considerados um custo de fluência de escopo. Quando o aumento do escopo começa a causar atrasos que podem levar a litígios, você precisa garantir que contabilizou isso.

Evite esse fenômeno criando um cronograma preciso desde o início. Não subestime o que será necessário para concluir o projeto. Considere alterações que podem ocorrer no meio do caminho.

Se você está certo desde o começo, não há necessidade de se atualizar quando chegar a hora. O cronograma deve ser acordado por todas as partes. Deve haver detalhes descrevendo o que poderia causar atrasos e como isso afetará o projeto.

2. Definir atrasos escusáveis ​​e inescusáveis

Há atrasos desculpáveis ​​e indesculpáveis ​​e estes devem ser definidos claramente antes de iniciar o projeto.

Um atraso indesculpável é culpa do contratado. Isso inclui qualquer pessoa que esteja sob a responsabilidade do contratado, como fornecedores e subcontratados. Quando ocorre um atraso indesculpável, o contratante é responsável pelos custos.

O contratado terá que acelerar o trabalho daqui para frente? O contrato pode ser rescindido quando isso ocorre? Saber como isso será tratado desde o início é muito importante.

O outro tipo de atraso é um atraso desculpável. Esse tipo de atraso ocorre além do controle do contratado.

O contratante tem o direito de recuperar os danos causados ​​por um atraso causado pelo proprietário? Quanto tempo é reservado para compensar um atraso desculpável? O que conta como um atraso desculpável e como ele será tratado também deve ser claramente definido antes de começar o trabalho.

3. Fazer agendamentos com antecedência

Para se ter um profissional da área no seu site, isso pode levar algum tempo. Demais envolvidos como empreiteiros, também precisam de tempo para preparar cotações e agendar o trabalho. Agendando com antecedência o que, de quem e quando precisará, facilitará muito o andamento da sua obra.

Comece a reservar cotações e encomende os materiais que você precisa com antecedência. Isso ajuda a evitar atrasos com contratados e terceiros pelos quais você é responsável. Se você é responsável por seu trabalho, você é responsável por quaisquer atrasos causados ​​nele.

É recomendável que você comece a fazer cotações e fechamentos de compras, com pelo menos 3 meses de antecedência.

4. Melhorar a gestão

Os gerentes de um projeto são, em última análise, as pessoas responsáveis ​​por garantir que um projeto permaneça no cronograma criado. Não ter uma boa gerência leva a atrasos, bem como a outros problemas.

Um bom gerente sabe como atribuir funções e responsabilidades. Eles coordenam os funcionários, subcontratados, fornecedores de produtos e pedidos.

Se eles são eficazes, fazem isso de uma maneira que minimiza as chances de algo errado acontecer. Mas se ocorrer, saberão como agir, pois uma gestão competente, é a espinha dorsal de um projeto de construção bem-sucedido.

5. Atribuir funções e responsabilidades

Ter um cronograma e termos claramente definidos não é suficiente para concluir um projeto no prazo. Você também tem que saber intimamente quem estará fazendo o que e quando estará fazendo.

Cada aspecto do projeto deve ter um indivíduo ou equipe designada para ele. Sem saber quem está cuidando de cada tarefa, os componentes críticos do projeto podem ser esquecidos.

Os proprietários, gerentes e principais participantes da obra devem estar cientes de quem é a responsabilidade pela execução das tarefas. Assim, é fundamental que todos entendam das suas responsabilidades, evitando possíveis atrasos onerosos.

6. Conhecer a importância do seu pessoal

A escassez de pessoal acontece quando as pessoas adoecem, deixam um emprego ou tiram férias. Embora você planeje ter uma força de trabalho completa, essa falta pode ocorrer de forma inesperada.

Você também pode experimentar escassez ao assumir mais projetos. Se outro projeto exigir mais funcionários, talvez você não esteja trabalhando aquém da capacidade esperada inicialmente.

Por esse motivo, você deve saber dimensionar a equipe de trabalho corretamente. Cuidado para pegar projetos em excesso ou você causará um atraso em pelo menos um deles.

Você também precisa levar em conta a eficiência de sua equipe. É preciso avaliar previamente seus funcionários e subcontratados para saber a qualidade da equipe que fará o trabalho. Pessoal que trabalha de forma ineficiente pode levar a atrasos que vão custar-lhe salários e responsabilidades potenciais.

Com todas as pessoas, materiais e demais partes envolvidas em um projeto de construção, evitar atrasos na construção pode ser difícil. Desde o início, todas as partes devem estar cientes sobre o cronograma do projeto e suas dificuldades.

O bom gerente de um projeto irá desempenhar um grande papel no gerenciamento de pessoas, funções e processos como um todo.

Agora que você sabe como evitar atrasos na obra, assine nossa newsletter e fique por dentro de muito mais dicas como essa!

Deixe um Comentário