O que são e qual a importância das FVS’s na construção?

Dentro do ramo da construção civil é extremamente importante que se trace um padrão de qualidade a ser atendido pelas construtoras para assegurar que as obras estão sendo feitas de forma segura, protegendo os colaboradores e garantindo qualidade aos clientes que buscam moradia. 

Estabelecer esse padrão de qualidade parte desde a verificação do andamento da obra, analisando a forma como ela está sendo executada, se os funcionários estão cumprindo com as normativas de segurança, até mesmo se os materiais utilizados são seguros e atendem os requisitos legais.

Para isso foram criadas as FVS’s, Fichas de Verificação de Serviços, que são utilizadas para a execução de obras. 

Vamos falar um pouco mais sobre as FVS’s e como elas impactam no setor e na atuação das construtoras. Acompanhe:

O que são as FVS’s?

As FVS’s são Fichas de Verificação de Serviços utilizadas na construção civil para assegurar a qualidade das obras e o cumprimento de normas durante a execução e desenvolvimento de cada etapa de uma construção. 

Elas funcionam como um checklist de conformidade para atestar que os procedimentos foram realizados de maneira correta, evitando possíveis problemas futuros tanto na qualidade, quanto na segurança das edificações. 

Quais os principais itens em uma FVS?

As FVS’s possuem diversos itens para checagem, podendo conter desde a qualidade de materiais averiguados à processos de produção e utilização de EPI’s. Para empresas que trabalham com obras do setor público por meio de licitações, as FVSs seguem um padrão estabelecido pela PBQP-h, que já consta com ao menos 25 itens obrigatórios de checagem além de certificações ISO. 

A importância das FVS’s na construção

As FVS’s são de extrema importância para garantir o cumprimento dos requerimentos previstos nos padrões de segurança, qualidade e procedimentos de uma obra. Além disso, para empresas de construção civil que atuam em obras em âmbito público, seja por governo municipal, estadual ou federal, o cumprimento das normas é fator decisivo para possibilitar ou não a participação em uma licitação pública. Saiba um pouco mais:

O que é o PBQP-h?

O PBQP-h, Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade do Habitat, foi criado em 1998, buscando garantir um padrão de qualidade nas ampliações em programas habitacionais em todo o país. 

Com um grande déficit de moradias no país e um mercado praticamente tomado pela iniciativa privada em parceria com o setor público, as normas estabelecidas visam apresentar pré-requisitos mais detalhados para que as empresas possam atuar nos programas habitacionais. 

As regras funcionam em parceria com as certificações ISO e vão desde o atendimento às necessidades dos consumidores à práticas de incentivo à inovação, melhorias e implementações de técnicas e o uso de materiais sustentáveis além de adoção de tecnologia e investimentos em qualificação profissional. 

Como as FVS’s impactam no cumprimento das normas?

Anteriormente, existiam quatro níveis aceitos de cumprimento das normas para participar das licitações públicas e receber financiamento para a execução de obras em parceria com o setor público: A, B, C e D. 

A fiscalização apontava para o cumprimento das normas previstas e dessa forma qualificava para qual tipo de atuação a empresa estaria apta. Hoje, somente os níveis A e B são aceitos, sendo que para projetos mais amplos, como o Minha Casa Minha Vida, somente o nível A é aceito para o crédito financeiro. 

As FVS’s servem para fiscalizar se as empresas estão seguindo as normas descritas, o que pode impactar diretamente nas certificações e possibilitar ou impossibilitar a atuação de uma construtora, por exemplo, em projetos que tenham vínculo com o poder público em qualquer uma de suas esferas. 

Tecnologia na fiscalização

Muitas empresas já utilizam a tecnologia a seu favor, buscando otimizar os processos de fiscalização e aprimorar ainda mais os resultados obtidos. As verificações de conformidade são dados valiosos para a tomada de decisões e com a ajuda de equipamentos tecnológicos os processos se tornam mais ágeis e precisos. 

A coleta de informações pode ser de grande utilidade para criar padrões de execução mais confiáveis e práticos, gerando economia, agilidade e aumentando a qualidade e eficiência das obras. 

Dificuldades em implantar

É possível que você encontre desafios para implantar métodos de conformidade como as FVS’s para realizar o acompanhamento das suas obras. Muitos profissionais da construção civil possuem anos e até mesmo décadas de carreira e podem acreditar que as fiscalizações são desnecessárias. 

Para contornar esse tipo de situação, é recomendado que sejam feitos treinamentos e que dados verídicos sejam apresentados sobre as melhorias proporcionadas com a utilização das metodologias de fiscalização. 

Além disso, não somente os colaboradores devem ser orientados a seguir os procedimentos das FVS’s. Para que a empresa funcione de forma correta, é de extrema importância que os fornecedores também sigam os pré-requisitos e cumpram as normas estabelecidas. 

Dessa forma você conseguirá ter um controle maior sobre a qualidade dos materiais que está adquirindo para a execução da sua obra e qual o impacto do uso de diferentes insumos poderão ter na produtividade dos seus colaboradores. 

O setor da construção civil é responsável por mais de 6% do PIB Brasileiro, correspondendo a mais de 30% do total da indústria. Além disso, o setor gera mais de 20% das vagas de emprego no país, sendo grande responsável pela movimentação financeira do Brasil. 

Para garantir que o setor continue em crescimento, mantendo a qualidade nos resultados e, principalmente, garantindo a segurança e saúde dos colaboradores, a utilização de metodologias de fiscalização como as FVS’s se tornou de grande importância e indispensável. 

Gostou do nosso conteúdo? Clique aqui e conheça um pouco mais sobre certificações ISO que podem ser um grande diferencial para a sua empresa!

Deixe um Comentário