Processos que são requisitos de qualidade na construção

Os projetos de construção abrangem várias funções em diversas partes e negócios especializados, mas a única coisa que todos compartilham é o desejo de oferecer um trabalho de qualidade, dentro do prazo e dos custos orçados.

O gerenciamento da qualidade é um pilar-chave do gerenciamento geral de projetos de construção e costuma ser a diferença entre o sucesso e o fracasso de uma construtora.

Mas quais são os processos que são requisitos de qualidade na construção? Abaixo, vamos dar uma olhada no que consiste a gestão da qualidade e o que você precisa saber para colocá-la em prática!

A gestão da qualidade na construção civil

A gestão da qualidade na construção são as políticas, processos e procedimentos adotados (geralmente pela gerência) para melhorar a capacidade de uma organização de oferecer qualidade a seus clientes de maneira consistente e em constante aprimoramento.

Embora toda empresa de construção do mundo queira oferecer qualidade em todas as fases das obras e em todos os projetos, é o estabelecimento desses princípios e diretrizes internos e externos que realmente resultam em qualidade.

Os principais objetivos do gerenciamento da qualidade são:

  • Garantir a ausência de problemas e defeitos durante a execução;
  • Identificar e resolver os possíveis problemas antes da entrega.

A consecução desses objetivos trará muitos benefícios, como a garantia de uma forte reputação e a certeza da continuidade dos trabalhos com estes e novos clientes.

Criando um plano de gerenciamento da qualidade

Prevenir erros é muito mais econômico do que corrigi-los — e é por isso que estabelecer um forte plano de gerenciamento da qualidade é uma boa maneira de melhorar a qualidade geral. 

O investimento inicial na criação de um plano coerente e abrangente geralmente paga grandes dividendos ao longo da vida de um projeto.

Descritas em seu plano de qualidade, deverá haver quatro seções principais que estabelecem:

  • Políticas de qualidade;
  • Objetivos da qualidade (claros e mensuráveis);
  • Padrões de requisitos;
  • Outros requisitos legais e estatutários.

Como você pode ver, um plano de gerenciamento da qualidade é uma ferramenta interna e externa para as empresas de construção. 

Ele garante que você esteja cumprindo e atenda aos padrões de qualidade necessários para realizar o trabalho de forma legal e viável — e que esteja estruturando suas políticas e objetivos internos de controle de qualidade de uma maneira que permita a melhoria contínua e, finalmente, o bom desempenho.

Estabelecendo procedimentos de qualidade

Depois que um plano de qualidade é estabelecido e suas metas são definidas, a próxima fase é a de criar procedimentos claros e simples que permitam alcançar esses objetivos.

Essa fase do design do gerenciamento da qualidade é muitas vezes mais problemática para as empresas, pois o gerenciamento da qualidade começa a envolver mais peças móveis, ou seja, é mais fácil sentar e planejar do que criar processos para dezenas ou centenas de pessoas que precisam ser treinadas e monitoradas.

Ao dizer isso, existem quatro áreas principais de foco do processo que, quando abordadas individualmente ou por meio de um sistema ou software abrangente de gerenciamento da qualidade, se reúnem para formar esse alinhamento crítico do processo. Essas áreas principais são:

Formulários e documentação de gestão da qualidade

O processo de gerenciamento da qualidade geralmente começa com os documentos de gerenciamento da qualidade — que tendem a ser orientados ao plano e de natureza abrangente — descrevendo e resumindo o gerenciamento da qualidade em alto nível.

O excelente processo de gerenciamento da qualidade dos projetos se concentra mais em como a qualidade é capturada, organizada e rastreada a partir do ponto em que ela é mais importante — no local.

Existem dezenas de formulários de gerenciamento de qualidade, variando de simples listas de itens, pontos de espera e testemunhas, tanto como planos de inspeção e testes.

Esses formulários são implantados para engenheiros, gerentes de projeto e outros trabalhadores para garantir que a qualidade seja atendida e para informar à gerência ou partes interessadas, aquilo que precisa ser corrigido e assim, acionar a parte responsável.

Algumas empresas e equipes gerenciam esses formulários e documentação com formulários impressos em papel, word docs, planilhas de Excel, enquanto outros usam formulários digitais que permitem maior padronização, controle e percepção da qualidade.

Fora desses formulários e documentos, fotos, vídeos e outros registros também são essenciais para evidenciar e comprovar aquilo que foi descrito como procedimento padrão, principalmente em auditorias.

Gostou de conhecer os processos que são requisitos de qualidade na construção? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe conosco suas dúvidas e ideias!

Deixe um Comentário