Diálogos Diários de Segurança – DDS 13 :: Principais riscos no chapisco e reboco

A Construção Civil é uma das atividades onde mais ocorrem acidentes de trabalho, por isso é importante observar e seguir procedimentos de segurança em todas as fases da obra.

A fase do chapisco e reboco envolve riscos bem particulares, e hoje veremos os riscos relacionados e as medidas de proteção a serem adotadas.

Riscos mais frequentes

– Queda de nível: andaimes, balancins
– Queda no nível: é quando se cai do mesmo nível do solo

– Respingos nos olhos

– Dermatoses: por contato com a Argamassa

– Exposição a energia elétrica: revestimento externo

– Cortes e feridas: ferramentas

– Poeira: limpeza, ventania e outros

– Ruído

Medidas Preventivas

Inspecione os andaimes no começo de cada jornada.

Atenção a cada detalhe, ser minucioso nessa hora é muito importante. Se observar algum risco ainda que pequeno, não deixe que o andaime seja utilizado.

Acione o reparo qualificado, para posteriormente liberá-lo o para uso.

Em serviços de revestimento interno, próximos a sacadas ou vãos de janelas, os trabalhadores devem utilizar o cinto de segurança.

Dê a devida atenção a atividade que irá executar, não faça na correria faça com segurança.

Isso não é dever só do Setor de Segurança do Trabalho, CIPA e empresa. Na realidade ninguém pode fazer mais pela segurança do trabalhador do que ele mesmo, oriente-o a fazer sua parte.

Evitar contato prolongado com a argamassa, ou cimento.

Pois quando esses entram em contato com a pele e não são logo removidos, tornam ela seca e endurecida.

Recomenda-se evitar o contato com o uso de luvas látex e creme para as mãos, camisa de manga longa, calça comprida e botina para evitar problemas nos pés.

Trocar sempre que possível as roupas sujas com o produto.

Cuidado com a rede elétrica.

Evite a aproximação! Se for impossível solicite o desligamento da energia até o término do trabalho.

Planejamento, acompanhamento, orientação aos trabalhadores da fachada.

As vezes o mínimo cuidado faz toda a diferença. Esteja de olho, confira se estão se cuidando como devem.

Manter o local limpo e organizado.

A bagunça é um causador de acidentes constantemente. Um ambiente com ferramentas jogadas no chão ou espalhadas por todo lado, é um prato cheio para um novo acidente.

Divulgue essas dicas pela sua obra e havendo qualquer dúvida, pergunte ao responsável pela segurança. Compartilhe o que você aprendeu com seus colegas de trabalho. O conhecimento é a melhor ferramenta!

A segurança no trabalho deve ser rotina e o DDS é um dos instrumentos para tornamos isso um hábito entre os trabalhadores.

Na construção civil, ela é uma prática de segurança muito poderosa e fácil de ser utilizada para evitar acidentes de trabalhos.

Gostou das dicas? Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco! Estamos sempre prontos para ajudá-lo a tornar seus projetos mais seguros e eficientes!

PROCURANDO COMPROMENTIMENTO, QUALIDADE E AGILIDADE PARA SEU PROJETO?

Deixe um Comentário